EMAIL

stial@bewnet.com.br

Sede

(51) 3710-1313

Subsede

(51) 3716-1613

NOTÍCIAS

03 Março
2012

Alimentação abre campanha salarial 2012

03/03/2012

A campanha salarial 2012 do setor da alimentação em Lajeado e no RS foi oficialmente aberta na sexta-feira à noite, dia 2 de março. A assembleia reuniu 450 trabalhadores no ginásio do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Lajeado e Região (Stial) e contou com a presença de autoridades sindicais e políticas municipais, estaduais, nacionais e internacionais. A data-base da categoria é 1º de maio e entre os eixos da campanha, a classe vai lutar por ganho real no salário, alcançando índice de reajuste acima da inflação, além de cláusulas sociais.

O presidente do sindicato de Lajeado, Adão Gossmann, apresentou os eixos da campanha. Disse aos trabalhadores que a pauta de negociação é viável de ser alcançada. “Não adianta iludir a categoria e pedir o impossível. Vamos lutar para que se alcance estes avanços, que são importantes para a categoria.”  

O secretário-geral da União Internacional dos Trabalhadores da Alimentação e Agricultura (Uita), Gerardo Iglesias, destacou a importância da implantação das cláusulas estabelecidas na Norma Regulamentadora dos Frigoríficos, entre elas as pausas durante a jornada de trabalho.

Para o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Alimentação (Contac), Siderlei de Oliveira, a campanha não será fácil, tendo em vista a fragmentação do setor. Entretanto, ele considera que o momento é favorável à classe trabalhadora, porque o Brasil vive o pleno emprego. “O empresário tem que entender que o trabalhador pode escolher onde quer trabalhar.”

Em nome da Central  Única dos Trabalhadores (CUT-RS), o secretário-geral Claudir Nespolo afirmou que a CUT estará ao lado da categoria da Alimentaçao durante as negociações.

O presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação do RS, Cairo Reinhardt, considera o piso da categoria, R$ 750,00, “ruim”. E pediu aos trabalhadores que se unam na luta que se trava a partir da assembleia. Reinhardt destacou que o reajuste do salário mínimo nacional foi de 14%. “O mínimo regional que está por ser votado terá reajuste de 12%, não podemos aceitar menos que isso sob pena da categoria, em pouco tempo, estar com o piso igual a um salário regional”, comparou.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos do RS, Fabiano Pereira, que ao longo dos anos tem apoiado a categoria da alimentação, considera justas as reivindicações. “O Brasil alcançou o pleno emprego, é justo que o trabalhador tenha mais dignidade e seja reconhecido com salário e saúde.” Durante a assmbleia, Pereira recebeu uma placa em homenagem ao apoio dado à categoria da alimentação.

Em Arroio do Meio, o Stial realizou sua assembleia na quinta-feira, dia 1 de março, na subsede do sindicato.

 

Assessoria de Imprensa Stial